Pensando em trabalhar, estudar ou só curtir uns dias no exterior? Confira o tempo limite de permanência que alguns destinos estabelecem!

Viajar para outros países e conhecer novos costumes, outras pessoas e outras línguas é sem dúvida muito enriquecedor para o ser humano. É uma experiência que nos desperta para o mundo e expande os horizontes.
O único problema é o prazo de permanência que alguns países estipulam. Confira alguns destinos favoritos:

  • A Nova Zelândia possui um programa de “Working Holiday Visa” onde brasileiros podem trabalhar, estudar e viajar por até um ano. Para conseguir este visto, é necessário que a pessoa tenha entre 18 e 30 anos, não leve filhos, possua dinheiro suficiente para as passagens de ida e volta, além de levar ao menos 4,2 mil dólares neozelandeses (cerca de R$ 10 mil) para a estadia.  Também é preciso preencher um formulário pela internet, pagar uma taxa - apenas cartões internacionais são aceitos - e estar com a saúde em dia. A cada ano, apenas 300 vagas são liberadas para brasileiros e, em 2015, as inscrições serão abertas no dia 3 de setembro.

  • Na Irlanda uma boa notícia: O cidadão brasileiro não necessita aplicar para nenhum visto prévio, é só chegar no país tendo em mãos: passagem de volta, passaporte válido por no mínimo seis meses, seguro viagem, comprovação financeira para se manter durante a viagem, além de reserva em hotel/residência ou carta convite do local onde ficará durante a visita. É possível permanecer por até 8 meses.

  • Os Estados Unidos possui programas para brasileiros que querem passar mais tempo estudando e trabalhando temporariamente. Um destes é o J-1, concedido a intercambistas, principalmente a quem está fazendo pós-graduação e procura um estágio universitário ou um emprego de verão. 

  • Na França existe ainda um visto “visiteur”, com ele você pode permanecer até 1 ano. Para solicitá-lo você precisa comprovar um local de estada (reserva de hotel, apartamento ou carta oficial de que alguém vai recebê-lo em casa), comprovar que te dinheiro suficiente (recomendam comprovar no mínimo 14 mil Euros), seguro viagem para todo período, comprovante de renda e último importo de renda. Esse visto é solicitado no Brasil.

  • Para Austrália é necessário solicitar visto. O visto de turista para Austrália pode ser solicitado por aqueles que desejam fazer viagem para turismo ou para outras atividades recreativas, tais como: férias, passeios turísticos, razões sociais, visitar familiares e/ou amigos, assim como para outros fins a curto prazo, não incluindo negócios.

O visto de turismo também poderá ser utilizado por aqueles que irão à Austrália para estudar por um período de até 12 semanas. Para cursos com duração até 12 semanas NÃO é mais obrigatória a apresentação de exames médicos.O programa “eTourist”, permite que brasileiros possam fazer todo o processo de solicitação do visto via internet. O tempo máximo de permanência no país para esses vistos é de até 1 ano, e se aplica tanto para quem quer conhecer o lugar quanto os que pretendem estudar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentario